Descobre no sótão um computador Apple com 30 anos ainda a funcionar

Professor foi ao sótão dos pais e encontrou o velho computador ainda a funcionar. Deu para recordar os jogos da infância e mostrar aos filhos uma autêntica relíquia.

Um professor de Nova Iorque subiu ao sótão dos seus pais e encontrou um computador Apple com 30 anos. John Pfaff limpou o velho computador arrumado há décadas e, para sua surpresa, ainda está a funcionar. "Pus um disco de um jogo antigo e ele pergunta se quero restaurar um jogo gravado. E encontra um!", escreveu no Twitter, dando conta daquilo com se deparou quando ligou o aparelho. "Deve ter 30 anos", presumiu e concluiu que estava a viver um regresso à sua infância: "Tenho 10 anos outra vez."

O Apple IIe era o terceiro modelo da série Apple II e foi lançado em 1983. Esta versão apresentava recursos como a capacidade de usar letras maiúsculas e minúsculas e a funcionalidade total das teclas Shift e Caps Lock. Todos os modelos deste computador foram descontinuados em 1993, explica a CNN.

No computador, Pfaff restaurou o Adventureland, um jogo comandado por texto lançado para os microcomputadores por Scott Adams em 1978. "O que devo fazer em seguida", lê-se no aviso no ecrã. "Isso é complicado, porque três décadas depois não consigo lembrar-me onde parei nesta jogada de Adventureland", descreveu na série de tweets que fez. Pfaff encontrou disquetes com vários jogos diferentes da época, incluindo Millionware e Neuromancer.

Além de encontrar jogos nas disquetes, o professor descobriu também cópias gravadas de trabalhos escolares e uma nota de seu falecido pai. "Acabei de encontrar esta carta que o meu pai escreveu em 1986, quando eu tinha 11 anos e estava no acampamento de verão", disse. "O meu pai morreu há quase exatamente um ano. É incrível encontrar algo tão 'comum' dele."

John Pfaff mostrou o sistema vintage aos seus filhos e a reação foi o que se pode esperar de uma geração que nasceu na era do iPhone. "O mais velho, que tem 9 anos, exclamou 'o que é um computador?!', com surpresa genuína, e depois apontou para as disquetes e perguntou 'o que é isso?'."

Exclusivos

Premium

Nuno Severiano Teixeira

"O soldado Milhões é um símbolo da capacidade heroica" portuguesa

Entrevista a Nuno Severiano Teixeira, professor catedrático na Universidade Nova de Lisboa e antigo ministro da Defesa. O autor de The Portuguese at War, um livro agora editado exclusivamente em Inglaterra a pedido da Sussex Academic Press, fala da história militar do país e da evolução tremenda das nossas Forças Armadas desde a chegada da democracia.

Premium

Ferreira Fernandes

A angústia de um espanhol no momento do referendo

Fernando Rosales, vou começar a inventá-lo, nasceu em Saucelle, numa margem do rio Douro. Se fosse na outra, seria português. Assim, é espanhol. Prossigo a invenção, verdadeira: era garoto, os seus pais levaram-no de férias a Barcelona. Foram ver um parque. Logo ficou com um daqueles nomes que se transformam no trenó Rosebud das nossas vidas: Parque Güell. Na verdade, saberia só mais tarde, era Barcelona, toda ela.