Chega para lá! Scotty é o novo rei dos tiranossauros

Estudo de fóssil de tiranossauro encontrado em 1991 revela que "Scotty" não só é o maior exemplar já conhecido da espécie, com quase 13 metros, como o que viveu mais tempo: terá morrido com cerca de 30 anos

Se os tiranossauros rex, como revela o nome, são realeza entre os dinossauros, Scotty é claramente o soberano absoluto da sua espécie. Pelo menos até que os cientistas encontrem um exemplar que rivalize com este gigante de 12,80 metros de altura, que viveu há 66 milhões de anos na atual província de Saskatchewan, no Canadá.

Descoberto em 1991, o fóssil foi imediatamente considerado um tiranossauro de grandes dimensões, estimando-se que pudesse pesar cerca de 9,7 toneladas. Mas os seus ossos estavam presos em rocha de arenito e só após um longo e meticuloso processo de separação foi possível fazer um estudo detalhado do esqueleto.

Esse estudo, cujas conclusões foram publicadas na semana passada, veio comprovar não apenas as dimensões excecionais de Scotty mas também a sua idade particularmente avançada para um grande predador do período cretáceo: terá chegado aos 30 anos.

Uma longevidade que, como também testemunham as marcas deixadas nos seus ossos (foi recuperado cerca de 65% do esqueleto), só foi possível graças à vitória em diversos confrontos com outros grandes predadores. Incluindo da sua espécie.

Scotty tem marcas de ferimentos curados na cauda compatíveis com uma dentada de outro T. Rex e várias outras mazelas relacionadas com confrontos físicos, nomeadamente fraturas nas costelas.

Terá sido de facto rei do ecossistema que habitava. Mas foi um rei cujo domínio foi contestado muitas vezes. E só prevalecendo nestas batalhas terá chegado às excecionais dimensões que tinha quando morreu.

"Existe uma considerável diversidade de tamanhos entre os tiranossauros", explicou Scott Persons, autor do estudo, numa declaração citada pela CNN. "O Scotty exemplifica o robusto. Pegando nas medidas das suas pernas, quadris, até do ombro, e ele revela-se um pouco mais volumoso do que outros exemplares de T. Rex"

Para quem tiver oportunidade de visitar o Canadá no futuro próximo, o impressionante esqueleto de Scotty estará em exibição no Royal Saskatchewan Museum, na cidade de Regina, a partir do mês de maio.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG