Touradas

Opinião

Alegre diz que isto é tudo perigoso. E é

A entrevista acabou e os microfones estão desligados quando Manuel Alegre faz um salto histórico, da questão que o move presentemente - o IVA das touradas - até ao seu passado. O salto que encontra no seu passado a explicação para a sua indignação recente. Regressa ao momento em que, depois do 25 de Abril, já em Portugal, vindo do exílio, ele, que era uma das referências à esquerda, resolve juntar-se a Mário Soares no PS e lutar contra os radicalismos - de esquerda e militares. Os seus olhos azuis estão sérios. E a voz cava diz: "É isso. Isto é tudo demasiado perigoso."