Maternidade Alfredo da Costa

Maternidade Alfredo da Costa

O estranho caso do anestesista a 500 euros à hora

Três dias depois, o mistério mantém-se. O Estado ofereceu 500 euros à hora para anestesista na Maternidade Alfredo da Costa e ninguém quis, alguém os pediu e Estado não pagou, ou nem uma coisa nem outra? Ordem dos Médicos ameaça com tribunal, sindicato exige ver documentos, ministério diz que mantém o que disse - mas disse o quê?

Saúde

Maternidade Alfredo da Costa aberta até maio

A Maternidade Alfredo da Costa não irá fechar no final do ano, ao contrário do que tinha sido anunciado pelo Ministério da Saúde e pela presidente do conselho de administração. O encerramento obriga à realização de obras no Hospital D. Estefânia de forma a integrar os serviços que agora funcionam em separado. De acordo com Ana Campos, diretora do serviço de obstetrícia, as obras só estarão concluídas em maio.