Hong Kong

Coronavirus

Sete pessoas com passaporte português em quarentena num cruzeiro

Mais de três mil pessoas foram mantidas num navio de cruzeiro no porto de Hong Kong para serem submetidas a exames médicos depois de três passageiros chineses terem sido confirmados como portadores do novo coronavírus. A bordo estão sete pessoas com passaporte português. Num cruzeiro japonês que também está de quarentena estão cinco residentes de Macau, dos quais três viajaram com o passaporte português.

Mundo

Hong Kong recusa exigências de manifestantes apesar de vitória pró-democrata

O governo de Hong Kong descarta a hipótese de ceder às exigências dos manifestantes, ainda que os candidatos pró-democráticos tenham garantido uma vitória nas eleições distritais. A líder Carrie Lam diz apenas que vai "estabelecer um comité de revisão" para analisar as causas das manifestações e identificar "os problemas sociais, económicos e políticos subjacentes, para recomendar medidas ao Governo".