Coreia do Sul

Leonídio Paulo Ferreira

Os Kim e o bolo de milho

Qualquer comparação entre a reunificação alemã de 1990 e um eventual fim da separação entre as duas Coreias, que dura até ao presente, é um absurdo. Os dois países foram divididos pelas potências ocupantes no final da Segunda Guerra Mundial, e essa divisão perpetuou-se por convir aos interesses opostos de americanos e soviéticos durante a Guerra Fria, mas nunca houve um conflito entre as duas Alemanhas, ao contrário da sangrenta guerra de três anos entre as duas Coreias, e, sobretudo no momento da reunificação concretizada, o fosso económico entre as partes da nação europeia dividida era muito menor do que aquele que separa ainda hoje as duas metades da nação asiática. Contudo, a principal diferença entre a Alemanha dividida e a Coreia dividida é que o regime comunista leste-alemão caiu juntamente com o Muro de Berlim, enquanto o regime comunista que criou a Coreia do Norte evoluiu para uma dinastia que tem a sua perpetuação no poder como principal objetivo.