CDS | PP

Telmo Correia

"CDS estava à beira do precipício e deu o passo em frente"

Telmo Correia diz-se mais conservador do que centrista e acredita que se Passos Coelho tivesse cedido, se não fossem os erros políticos, PSD e CDS teriam conseguido maioria absoluta e não teria havido "geringonça". O futuro? As eleições europeias vão ser o grande teste para recuperar o CDS. O passado? Elogios a Portas, Adriano Moreira e Amaro da Costa, críticas a Ribeiro e Castro e Francisco Rodrigues dos Santos e um desalento: a "ilusão" de Assunção Cristas.