cancro

Doenças raras

Mariana esperou 10 meses para tratar um cancro no estrangeiro

A jovem de Coimbra tem um tumor que afeta uma pessoa num milhão, e sobre o qual ainda não se sabe muito em Portugal. Está a ser tratada em Londres ao abrigo da assistência médica no estrangeiro, financiada pelo SNS, depois de dez meses à procura de um médico que lhe passasse um requerimento. Esta quarta-feira vai partilhar o seu percurso no Parlamento Europeu.