Bárbara Guimarães

Justiça

Defesa de Carrilho pede absolvição porque violência "não pode ser provada"

Durante as alegações finais, esta sexta-feira, no Tribunal da Relação de Lisboa, o advogado do antigo ministro da Cultura reclamou a absolvição de Carrilho depois do Ministério Público ter trocado a data do alegado episódio de violência doméstica em que se baseia o julgamento. A sentença será conhecida a 15 de março às 14 horas.

crianças em risco

Como proteger os filhos das vítimas de violência doméstica?

Imagens divulgadas numa reportagem da TVI mostram os filhos de Bárbara Guimarães e Manuel Maria Carrilho expostos a situações de grande tensão entre ambos, o que suscitou a discussão em torno das medidas de proteção das crianças nos processos de violência doméstica. Especialistas dizem que existem vários mecanismos de proteção de menores.

N-TV

Carrilho: Bárbara Guimarães é uma "falsa vítima de violência doméstica"

O tribunal marcou esta segunda-feira para 15 de dezembro a leitura da sentença do antigo ministro da Cultura Manuel Maria Carrilho, acusado de violência doméstica contra a ex-mulher, Bárbara Guimarães. No último dia das alegações finais, realizadas esta segunda-feira de manhã, o antigo ministro e arguido pediu para falar em tribunal, declarando que a apresentadora de televisão Bárbara Guimarães é uma "falsa vítima de violência doméstica, reiterando que está inocente e que acredita que se faça justiça". À saída do tribunal, o advogado de Bárbara Guimarães, Pedro Reis, classificou as declarações feitas por Manuel Maria Carrilho como delirantes.