António Costa

Ferreira Fernandes

António Costa e o holandês esparvoador

Neste jornal, no texto de Paulo Pena sobre a crise financeira, ele cita Grégory Claeys, do Instituto Bruegel, em Bruxelas. Claeys é especialista de macroeconomia, mas o que me interessa, aqui, é o nome do instituto onde ele trabalha, um dos mais reputados think tanks europeus de economia. Que faz Bruegel, o pintor flamengo Pieter Bruegel, o Velho (1525-1569), na tabuleta de uma casa de homens de números?

Ferreira Fernandes

Costa devia ouvir Costa a ser líder

Costa tem defeitos? Olá, se tem! Perdoo-lhe isso porque a certos níveis ele exige qualidade. Deixou Fernando Medina como sucessor na Câmara de Lisboa, um bom moderado, e não impediu que um bom truculento, o ministro Pedro Nuno Santos, deixe crescer os dentes no Governo - a esse nível, António Costa aceita jacarés, valha-nos isso. Infelizmente, nos jornalistas, por exemplo, tem tendência para apaparicar lagartixas.