Algarve

Como se prepara o Algarve para o Verão (3)

Verão ainda não chegou e urgências já têm "picos históricos"

O Verão ainda não chegou em pleno e já a urgência do Hospital de Faro tem picos de procura de 370 e mais casos diários. "Picos históricos", admite o diretor do serviço, José Almeida. É a única urgência polivalente que serve a população da região e os visitantes. É o serviço de porta aberta onde se trata emergência, doença crónica, emoções e casos sociais. Todos os anos o verão é acautelado, logo em dezembro, quando se garantem escalas, mas há sempre contingências. Este ano, é mais um teste. À porta, as histórias e as opiniões divergem entre portugueses e estrangeiros. Como se prepara o Centro Hospitalar Universitário do Algarve para o verão é mais uma das reportagens da série que o DN e que amanhã termina.

Como se prepara o Algarve para o Verão? (2)

Mais de 90 mil sem médico de família. "É preciso muita ginástica"

Há 526 914 utentes inscritos nos centros de saúde do Algarve para 378 médicos e 526 enfermeiros. É a segunda região do país mais afetada pela escassez de recursos humanos. O ACES do Barlavento é dos mais carenciados. Profissionais e utentes sentem-no bem na pele, sobretudo em época de verão. Uns e outros partilham queixas, tristezas, mas também compensações. Como preparam os cuidados primários para o verão é uma das reportagens que integram a série sobre o Algarve, que o DN publicará até terça-feira.