Líder açoriano leva poluição dos solos nas Lajes a reunião em Washington

Vasco Cordeiro vai participar na 37.ª reunião da Comissão Bilateral Permanente entre Portugal e os EUA

O presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, disse hoje, em Bruxelas, que a poluição dos solos na Base das lajes, na ilha Terceira, é uma "urgência" que está por resolver.

Vasco Cordeiro, que participa na quinta-feira na 37.ª reunião da Comissão Bilateral Permanente entre Portugal e os Estados Unidos da América, que se realiza em Washington, salientou que a prioridade é "a questão ambiental", que está por resolver.

"Temos que evitar que a pressão ambiental, fruto da presença de forças militares, se possa transformar em dano ambiental", disse, aos jornalistas, em Bruxelas, onde participou numa reunião da Conferência das Regiões Periféricas Marítimas, a que preside.

"Há uma urgência e uma noção muito concreta de que este assunto necessita de decisões claras, de informação clara", disse, sublinhando que "a fatura ambiental não pode ser passada ao Governo Regional dos Açores".

Em causa está, esclareceu, a contaminação dos solos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG