Temperaturas continuam a subir e podem chegar aos 35

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê continuação do tempo seco até domingo

Tempo quente e seco, com temperaturas acima do habitual para a época. É este o cenário para os próximos dias, segundo a previsão do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), que fez uma atualização do aviso já anteriormente emitido, estendendo-o até domingo. Os termómetros vão continuar a subir e poderão chegar aos 35 graus em certas regiões.

"Continua a prever-se até dia 27 uma subida gradual dos valores da temperatura do ar, e em particular da máxima, que deverá estar acima dos valores médios para a segunda quinzena de outubro na generalidade do território, com os valores a variar entre 25° e 30°C, e a chegar a valores de 32/34°C nas regiões do vale do Tejo e Alentejo nos dias 27 e 28", diz o organismo.

"Até dia 29 de outubro prevê-se um período de tempo seco, sem precipitação, cenário que tem uma probabilidade de ocorrência entre 80% e 100%. Entre os dias 31 de outubro e 01 de novembro a probabilidade de ocorrência de tempo seco variará entre 60% e 90%.", acrescenta o IPMA, cuja informação indica que a região de Santarém deverá ser a mais quente (com 35 graus na sexta-feira), seguida de Leiria (com 33 graus), Lisboa, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Braga e Beja (com 31).

Segundo o IPMA, o risco de incêndio voltará a aumentar, pelo menos, até domingo, dia em que se prevê uma descida gradual dos valores da temperatura do ar em todo o território.

Exclusivos

Premium

Legionela

Maioria das vítimas quer "alguma justiça" e indemnização do Estado

Cinco anos depois do surto de legionela que matou 12 pessoas e infetou mais de 400, em Vila Franca de Xira, a maioria das vítimas reclama por indemnização. "Queremos que se faça alguma justiça, porque nunca será completa", defende a associação das vítimas, no dia em que começa a fase de instrução do processo, no tribunal de Loures, que contempla apenas 73 casos.