Temperaturas acima dos 35 graus e aumento do risco de incêndio sexta e sábado

Na origem desta onda de calor está uma massa de ar quente vinda do Norte de África.

As temperaturas máximas vão ultrapassar os 35 graus Celsius em algumas regiões do continente na sexta-feira e no sábado, prevendo-se um aumento do risco de incêndio e algumas poeiras vindas do Norte de África, segundo o IPMA.

"Hoje ainda temos céu muito nublado nas regiões do norte e centro e chuva fraca, principalmente no litoral, que vai persistir no Minho até ao fim da tarde. A partir de quinta-feira já temos previsão de céu geralmente pouco nublado e uma tendência de subida gradual da temperatura, prevendo-se máximas elevadas na sexta-feira e no sábado", disse à Lusa a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), Paula Leitão.

De acordo com Paula Leitão, sexta-feira será o dia com a subida mais acentuada, podendo as temperaturas ultrapassar os 30 graus e os 35 nas regiões do Alentejo.

"Devido a esta situação, vamos ter um aumento do risco de incêndio. Vamos ter igualmente na quinta e sexta-feira alguma poeira atmosférica vinda do Norte de África, mas nada de muito gravoso", adiantou.

Segundo a meteorologista, esta situação deve-se a uma massa de ar quente vinda do Norte de África, que vai provocar um aumento das temperaturas.

"A confirmar-se esta previsão, as temperaturas vão estar bastante acima dos valores normais para a época. Neste momento já estão ligeiramente acima dos valores normais. Hoje temos 24 graus em Lisboa e para sexta e sábado 30. No interior temos em Évora e Beja hoje 30 graus e sexta e sábado pode ultrapassar os 35 graus", disse.

Paula Leitão refere também que as temperaturas mínimas também vão estar elevadas, podendo chegar em alguns distritos aos 20 graus.

"Depois a partir de domingo, a tendência será para descida da temperatura e até de condições de trovoada e aguaceiros nas regiões do interior", disse.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG