Taxa de desemprego desce para 6,6% em 2021

No ano passado, a média anual da população empregada foi 4.812.300 pessoas, tendo aumentado 2,7% (128.600) em relação a 2020.

A taxa de desemprego fixou-se em 6,6%, em 2021, uma descida de 0,4 pontos percentuais em relação ao ano anterior, segundo dados divulgados esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

"[Em 2021] a taxa de desemprego foi 6,6% e a taxa de subutilização do trabalho foi 12,5%, tendo ambas diminuído em relação a 2020 (0,4 p.p. [pontos percentuais] e 1,6 p.p., respetivamente)", concluiu o INE, que publicou os dados do emprego referentes ao quarto trimestre e à totalidade do ano de 2021.

Relativamente aos jovens (16 aos 24 anos), a taxa de desemprego situou-se em 23,4%, ficando 0,9 pontos percentuais acima do estimado para o ano anterior.

No ano passado, a média anual da população empregada foi 4.812.300 pessoas, tendo aumentado 2,7% (128.600) em relação a 2020.

Já a população desempregada, estimada em 338.800 pessoas, diminuiu 3,4% (12.000) em relação ao ano anterior, mas a proporção de desempregados de longa duração foi estimada em 43,4%, mais 10,1 pontos percentuais do que em 2020.

Em relação ao quarto trimestre de 2021, a taxa de desemprego foi estimada em 6,3%, o que reflete uma subida de 0,2 pontos percentuais em relação ao trimestre anterior, mas uma descida de um ponto percentual em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

Em outubro, novembro e dezembro, a população empregada manteve-se praticamente inalterada em relação ao trimestre anterior (4.879.000 pessoas), mas aumentou 3,1% (148.400) relativamente ao mesmo período de 2020.

Já a população desempregada, estimada em 330.600 pessoas, aumentou 3,7% (11.900) em relação ao trimestre anterior e diminuiu 11,4% (42.600) relativamente ao período homólogo de 2020.

Nos últimos três meses do ano, a subutilização do trabalho abrangeu 630.100 pessoas, tendo diminuído 1,9% (12.300) em relação ao trimestre anterior e 15,7% (116.900) relativamente ao mesmo trimestre do ano anterior.

Da mesma forma, também a taxa de subutilização do trabalho, estimada em 11,7%, diminuiu tanto em relação ao trimestre anterior (0,2 pontos percentuais) como ao homólogo (2,3 pontos).

Por fim, a população inativa com 16 e mais anos manteve-se praticamente estável relativamente ao trimestre anterior, em 3.612.100 pessoas, e diminuiu 2,4% (90.000) em relação ao trimestre homólogo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG