Suspeito de ferir com tiros dono de estamparia está identificado

O homem, que terá disparado contra o empresário, continua em parte incerta

O suspeito de ter ferido na quarta-feira o dono de uma estamparia, de 63 anos, em Ermesinde, com tiros nos braços e numa perna "está identificado", mas ainda não foi detido, disseram esta quinta-feira fontes policiais da Judiciária e PSP.

A filha da vítima, que viu o pai ser atingido com vários disparos de uma arma de fogo na quarta-feira, pelas 17:00, numa estamparia em Ermesinde, disse à PSP que o agressor teria entre os 35 e os 40 anos de idade.

De acordo com a testemunha, citada pela PSP, o homem ter-se-á dirigido à estamparia e solicitado um serviço à filha da vítima, referindo que precisava de estampagens em alguns artigos. Porém, o serviço foi negado tanto por ela, como pelo pai, dono da estamparia.

O agressor deslocou-se de seguida à sua viatura própria, pegando numa arma de fogo e efetuando "quatro disparos", atingiu o empresário, "em três partes do corpo, os dois braços e uma das pernas", explicou à Lusa fonte da PSP, que esteve no local.

O suspeito já está identificado, segundo avançou à Lusa fonte da Polícia Judiciária (PJ), mas continua em parte incerta

O caso foi entregue à PJ, porque houve recurso a arma de fogo, adiantou à Lusa fonte daquela polícia.

A vítima, a residir em Valongo, foi conduzida para o Hospital de São João, no Porto, mas até ao momento fonte das relações públicas daquela instituição hospitalar não soube dar nenhuma informação.

No local da ocorrência estiveram também bombeiros de Rio Tinto.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG