Stephen Hawking diz que temos 100 anos para encontrar novo planeta se quisermos sobreviver

Físico britânico acredita que só temos mais um século para viver na Terra. E não é o único a pensar assim

Stephen Hawking, conhecido físico britânico, acredita que temos 100 anos para procurar um novo planeta se quisermos que a espécie humana sobreviva. A explicação do cientista foi feita no programa da BBC "O mundo de Amanhã", tendo sido citada pela revista Wired. Entre alterações climáticas, a possibilidade de queda de um asteroide no planeta, epidemias e crescimento da população, são vários os fatores que obrigarão os humanos a procurar um novo planeta se quiserem sobreviver enquanto espécie.

"Acredito piamente que devemos começar a procurar possíveis alternativas para se viver. Estamos a ficar sem espaço no planeta Terra. Precisamos de acabar com as limitações tecnológicas que nos impeçam de viver num outro lugar no Universo. Não sou o único com esta visão e muitos dos meus colegas irão falar sobre o tema no próximo mês, no Starmus", disse, referindo-se ao Starmus IV Festival, que se realiza na Noruega.

Elon Musk, dono da empresa espacial SpaceX, também tem planos para a criação de colónias espaciais nos próximos cem anos e a NASA já disse que a sua missão a Marte poderá ajudar a colocar humanos de forma permanente noutros planetas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG