Réptil marinho da era dos dinossauros descoberto em Portugal vai ser mostrado ao público

Fósseis de uma nova espécie de réptil marinho da era dos dinossauros, descoberto em Portugal, vão ser mostrados ao público pela primeira vez, a partir de sábado, no Dino Parque da Lourinhã, onde estão expostos até final do verão.

O 'Plesiopharos moelensis', uma nova espécie de réptil marinho da era dos dinossauros, que habitou a terra há cerca de 195 milhões de anos, é a estrela da nova exposição temporária do Dino Parque da Lourinhã, no distrito de Lisboa.

Os fósseis, que estarão patentes ao público pela primeira vez, são parte do "mais antigo e completo exemplar da Península Ibérica do réptil com "uma forma que o associa facilmente à silhueta do célebre monstro do Lago Ness", divulgou o Dino Parque.

Os fósseis foram descobertos por dois colecionadores, Victor Teixeira e António Domingos, em São Pedro de Moel, no concelho da Marinha Grande, após o que foram doados ao Museu da Lourinhã e preparados, no laboratório do Dino Parque, por uma equipa internacional de paleontólogos e geólogos ligados a várias instituições.

O trabalho, publicado na revista Acta Palaeontologica Polonica, foi liderado por Simão Mateus, Diretor Científico do Dino Parque, e teve como primeiro autor Eduardo Puértolas-Pascual, investigador da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa.

Citado numa nota de imprensa do Parque, Simão Mateus adianta que o Plesiopharos "vai ser um fóssil de destaque na compreensão da evolução dos répteis marinhos nesta zona do Atlântico que, à altura, se estava a formar".

A exposição temporária dará a conhecer não apenas os fósseis do 'Plesiopharos moelensis', mas também a evolução dos plesiossauros e outros répteis marinhos da era dos dinossauros, as primeiras descobertas e a importância geológica da área de São Pedro de Moel.

Os achados poderão ser vistos até ao fim do verão no Dino Parque da Lourinhã, inaugurado em fevereiro de 2018 e considerado o maior museu ao ar livre da Europa, tanto em área expositiva, como em dimensão.

Com 180 modelos de animais à escala real, o Dino Parque proporciona uma viagem de milhões de anos através de cinco percursos distintos: Paleozoico, Triásico, Jurássico, Cretácico e Monstros Marinhos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG