Quanto tempo resta aos humanos na Terra? Stephen Hawking responde

O físico insiste que é preciso continuar a explorar o espaço para assegurar o futuro da humanidade

O físico Stephen Hawking considera que os humanos não vão conseguir sobreviver mais de mil anos no planeta Terra e que por isso devem insistir na exploração espacial, para poderem procurar outros locais para viver e escapar à "frágil Terra".

Hawking pintou um retrato sombrio para o futuro da Terra, numa conferência em Oxford (Reino Unido), esta segunda-feira. Ao mesmo tempo que salientou o progresso que os humanos fizeram na compreensão do universo, nas últimas décadas, o físico insistiu que é preciso continuar a ir para o espaço para assegurar o futuro da humanidade.

Apesar do aviso pouco animador, o físico deixou uma nota para inspirar a plateia. "Lembrem-se de olhar para as estrelas e não para os vossos pés. Tentam perceber o que veem, perguntarem-se sobre o que faz o universo existir. Sejam curiosos. Por muito difícil que a vida possa parecer, há sempre algo que podem fazer e serem bem-sucedidos. Importa que não desistam".

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG