Extorsão. Professora detida em Vila Real

Detida enviava mensagens às vítimas ameaçando divulgar factos da vida íntima. Pedia dinheiro em troca do silêncio

A Polícia Judiciária (PJ) de Vila Real anunciou hoje a detenção de uma professora "fortemente indiciada" pela prática do crime de extorsão de que terão sido vítimas quatro pessoas, durante os últimos dois meses.

Segundo informou a PJ, em comunicado, a suspeita, "mediante a utilização de telefone, enviava mensagens às vítimas com ameaças de ações contra a vida de familiares daquelas ou divulgando factos da vida pessoal e íntima".

Como contrapartida a mulher, de 39 anos, solicitava "várias quantias em dinheiro".

As vítimas são uma mulher e três homens, com idades compreendidas entre os 30 e os 56 anos.

A Judiciária referiu ainda que os "factos ocorreram nos últimos dois meses, na cidade de Vila Real".

A detenção da professora foi feita por elementos da Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real e a suspeita vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.

Exclusivos

Premium

Liderança

Jill Ader: "As mulheres são mais propensas a minimizarem-se"

Jill Ader é a nova chairwoman da Egon Zehnder, a primeira mulher no cargo e a única numa grande empresa de busca de talentos e recursos. Tem, por isso, um ponto de vista extraordinário sobre o mundo - líderes, negócios, política e mulheres. Esteve em Portugal para um evento da companhia. E mostrou-o.