Portugal regista mais 23 mortos e 3786 novos casos de covid

O boletim da DGS dá conta de que há 911 internados, mais 32 do que há 24 horas, dos quais mais quatro em cuidados intensivos.

Portugal registou, em 24 horas, 3786 novos casos de covid-19 e 23 mortes associadas à infeção por SARS-CoV-2, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

É o terceiro dia em que se registam óbitos acima das 20 pessoas. E desde 9 de março que não havia tantos mortos.

O relatório deste domingo (5 de dezembro) indica que há agora 911 pessoas internadas, mais 32 do que no sábado, sendo agora de há 134 em cuidados intensivos, mais quatro do que ontem.

O boletim epidemiológico regista ainda mais 2530 novos casos ativos de infeção por covid-19, mais 1233 pessoas recuperadas da doença e 1324 novos contactos em vigilância.

Desta vez, foi a região centro a registar o maior número de mortes, sete, embora o de novos casos não seja o mais alto, pois é de 941, menos do que na região norte e na de Lisboa e Vale do Tejo.

A de Lisboa e Vale do Tejo é que apresenta mais novas infeções, com 1244 e três mortos, seguida da do norte com 1068 e cinco mortos. Na região do Algarve foram identificados mais 265 novos casos de covid-19 e cinco mortos e na do Alentejo 128 e nenhum óbito.

No arquipélago da Madeira os números subiram para os 100 novos casos e dois mortos, e na região autónoma dos Açores apenas foram registados 40 novas infeções por . r SARS-CoV-2

Mais de 1,5 milhões de pessoas

receberam reforço da vacina

No dia em que começou o reforço da vacina da Janssen para pessoas com mais de 50 anos, a DGS revela que já receberam a terceira dose de vacinação contra a covid-19 mais de 1,5 milhões de pessoas.

Além dos 1,5 milhões de doses de reforço das vacinas contra a covid-19, foram também administradas mais de 2060 mil doses da vacina contra a gripe, segundo a Direção-Geral da Saúde.

A DGS mantém o apelo à vacinação contra a gripe e contra a covid-19. "Esta é a melhor forma de proteção dos mais vulneráveis, especialmente nesta altura do ano, em que as temperaturas são mais baixas", refere a DGS.

O processo de vacinação de reforço da vacina da Janssen arranca este domingo e vai prosseguir quarta-feira, feriado, e nos domingos seguintes, 12 e 19 de dezembro.

De acordo com a DGS, os utentes elegíveis para esta vacinação serão convocados por mensagem SMS, devendo aguardar essa convocatória.

Esta dose de reforço, decidida na sequência de estudos internacionais que indicam uma diminuição da imunidade das pessoas que tomaram a vacina da Janssen, será da vacina da Pfizer ou da Moderna, estando elegíveis cerca de um milhão de pessoas.

Portugal bate recorde diário de testagem

Cerca de 168 mil testes à covid-19 foram feitos em Portugal na sexta-feira, superando em mais de 50 mil os realizados na véspera, apresentando uma taxa de positividade de 3,3%, revelou este domingo a 'task force' da testagem.

Durante esta semana foi ultrapassada a testagem de cem mil testes diários por três vezes: na terça-feira, dia 30 de novembro, quando foram feitos cerca de 117 mil, na quinta-feira quando se realizaram 113 mil e na sexta-feira, com 168 mil, segundo as autoridades.

Este é o maior número de testes alguma vez registado num só dia em Portugal, destes, 117 mil testes (70%) foram testes rápidos de antigénio, revelaram as autoridades, sublinhando que os números excluem os autotestes.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG