Por dia há mais de duas queixas de pais agredidos por filhos

Número de denúncias tem vindo a aumentar. Relatório anual da APAV refere 819 queixas de pais vítimas de agressão em 2015.

Cada vez há mais pais que são vítimas de agressão por parte dos filhos. Em 2015 houve mais de duas queixas por dia, segundo o Relatório Anual da APAV, ontem publicado, e que regista um total de 819 denúncias de pais agredidos em 2015.
Desde 2013 que o fenómeno tem vindo a evoluir. Em 2013 houve 687 queixas e em 2014 foram 706.

As principais vítimas de violência doméstica continuam a ser os cônjuges, nomeadamente as mulheres, com um total de 2567 casos registados, logo seguido do companheiro/a com 1295. Representaram, no total, 58,4% das situações. Registaram-se ainda 1104 filhos agredidos.

As relações de consanguinidade (avós, filhos, netos, pais, mães ou irmãos) perfizeram um total de 23,8% dos casos, segundo o relatório da APAV.

Exclusivos