PJ deteve em Estarreja suspeitos de matar homem e esconder o corpo

Dois jovens são suspeitos de matar homem de 45 anos depois de se terem desentendido com a vítima

A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro anunciou hoje a detenção de dois jovens suspeitos de matar um homem de 45 anos e esconder o corpo, em Estarreja.

Em comunicado, a PJ refere que os factos ocorreram na noite do dia 17 de dezembro, quando os dois jovens se desentenderam com a vítima, por motivo aparentemente fútil, após terem estado os três a beber numa tasca situada em Veiros, Estarreja.

Na sequência desse desentendimento, dizem os investigadores, a vítima foi levada para um local ermo, em zona florestal, onde foi "violentamente agredida" na cabeça, ao que tudo indica com uma caçadeira de canos serrados.

Para além disso, os dois suspeitos terão desferido no homem vários golpes com facas de cozinha, principalmente ao nível da região lombar.

"Das agressões infligidas resultaram lesões graves, designadamente hemorrágicas, que conduziram à falência de alguns órgãos vitais e terão causado a morte da vítima", refere o comunicado.

Ainda segundo a PJ, os suspeitos pegaram no corpo da vítima, inconsciente, e atiraram-no para o interior de um poço existente no local, fazendo-o dessa forma submergir na água e assim ocultar o cadáver com intuito de impossibilitar a sua descoberta por alguma pessoa que passasse naquele sítio.

As autoridades apreenderam as armas brancas utilizadas, bem como a caçadeira, sendo que esta arma foi recuperada do interior de um outro poço com a colaboração de uma equipa de mergulhadores da GNR.

Os suspeitos, ambos com 22 anos, sem ocupação profissional definida, foram detidos pela presumível prática dos crimes de homicídio qualificado, profanação e ocultação de cadáver.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG