PJ detém homem por fortes indícios de incêndio em Odemira

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou este sábado que identificou e deteve um homem de 35 anos por fortes indícios da prática do crime de incêndio ilícito ocorrido em Odemira (Beja).

A PJ explica que os factos em investigação se verificaram "hoje de madrugada" nas instalações de uma associação desportiva, cultural e recreativa de Odemira, em comunicado enviado à agência Lusa,

O detido será apresentado às autoridades judiciárias competentes para aplicação de eventuais medidas de coação.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja disse hoje à Lusa que o edifício do Clube Fluvial Odemirense, em Odemira, foi durante a última madrugada "completamente tomado" pelas chamas, não havendo registo de feridos.

A mesma fonte indicou que o alerta foi dado pelas 05:37.

No combate às chamas estiveram envolvidos 14 operacionais, auxiliados por seis viaturas e elementos da GNR.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG