Pinguim volta todos os anos para visitar homem que o salvou

João Pereira de Souza salvou o animal em 2011. Desde então, este volta todos os anos.

"Tenho um grande amor por ele. Igual ao que tenho por uma criança", diz João Pereira de Souza, um antigo pedreiro brasileiro de 71 anos, sobre o pinguim que salvou em 2011 e que, desde então, lhe faz uma visita todos os anos.

O animal nada cerca de oito mil quilómetros para estar com João Pereira de Souza, na Ilha Grande, no estado do Rio de Janeiro, durante oito meses do ano (entre junho e e fevereiro), sendo os restantes passados nas costas da Argentina e Brasil.

A amizade começou em 2011 quando o pescador salvou o pinguim, que estava coberto de óleo. Durante semanas, este homem cuidou do animal, a que agora chama de Dindim, retirando-lhe todos os vestígios de poluição. Depois, restituiu-o ao mar.

Só que, meses depois, o pinguim voltou e seguiu João Pereira de Souza. Desde então, faz isso todos os anos. Mais ninguém consegue tocar no animal, só mesmo este pescador, que alimenta o animal para que este recupere as forças perdidas durante a viagem.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG