Peggy Whitson bate recorde da NASA de tempo passado no espaço

Whitson passou mais de 534 dias, duas horas e quarenta e oito minutos na Estação Espacial. Vai receber uma chamada do presidente Trump esta segunda-feira

A astronauta Peggy Whitson vai bater o recorde de tempo passado no espaço por um astronauta da NASA esta segunda-feira, ao passar os 534 dias, duas horas e quarenta e oito minutos de Jeff Williams - um recorde obtido ao longo de várias missões na Estação Espacial Internacional (aquém, no entanto, de vários cosmonautas russos).

Whitson vai receber uma chamada do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e da filha Ivanka Trump, para comemorar o feito. Quando voltar à Terra, a astronauta terá passado mais de 650 dias no espaço.

A NASA lembra que Whitson está habituada a quebrar barreiras: em 2008 foi a primeira mulher a comandar a Estação Espacial internacional e em março tornou-se a mulher a realizar mais passeios espaciais.

O humano que passou mais tempo no espaço é o cosmonauta russo Gennady Padalka, de 58 anos, que anunciou na semana passada que vai deixar a Roscosmos e terminar assim a carreira. Padalka passou 803 dias no espaço.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG