Padrasto detido por suspeitas de violar enteada de 16 anos

Polícia Judiciária deteve um homem de 39 anos, padrasto da vítima, por alegadamente violar a menor numa zona do centro de Lisboa

Segundo um comunicado divulgado pela Polícia Judiciária (PJ) "os factos foram praticados num concelho de Lisboa" e a detenção foi feita através da diretoria de Lisboa e Vale do Tejo,depois do órgão de polícia criminal ter identificado um homem, com 39 anos, por fortes indícios da prática de crime de violação.

"Os factos ocorreram no início deste ano, no distrito de Lisboa, vitimando uma jovem, com 16 anos de idade. O presumível autor coabita e é padrasto da vítima, tendo aproveitado a circunstância de se encontrar sozinho em casa com a mesma para vir a consumar o delito, o qual causou uma forte perturbação na menor", explica o mesmo comunicado.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG