"Óscares do espaço". Duas empresas portuguesas premiadas

Os projetos galardoados foram o Federated Satellite System e o SOUL (Sensor Observation of Urban Life), ambos com representação nacional

Os prémios Copérnico Masters, chamados também de "óscares do espaço", foram entregues em Talin, na Estónia, na passada terça-feira. Foram atribuídos cerca de 40 prémios atribuídos e, entre esses, dois envolveram empresas portuguesas.

A Deimos Engenharia, inserida numa equipa liderada pelo Instituto de Estudos Espaciais da Universidade Politécnica da Catalunha, venceu o prémio ESA Sentinel Small Satellite Challenge.

Noutra categoria, o projeto SOUL (Sensor Observation of Urban Life), da empresa portuguesa Space Layer Technologies, venceu o Copernicus Government Challenge, noticia o Público.

O prémio ESA Sentinel Small Satellite Challenge, que tem a ver com pequenos satélites que sejam inovadores, premiou o projeto Federated Satellite System, onde entra a Deimos Engenharia. O projeto consiste no uso de dois pequenos satélites, com cerca de cinco quilos, que têm como objetivo medir e descrever algumas característias e alterações climáticas.

Relativamente ao galardão atribuído à Space Layer Technologies, o seu projeto, o SOUL, tem como objetivo fazer uma monitorização da qualidade do ar nas cidades e fazer com que as pessoas evitem áreas muito poluídas, de modo a evitar possíveis problemas de saúde.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG