12 detidos em operação da PSP a crimes de burla e roubo a idosos

Operação envolve dezenas de buscas e 18 mandados de detenção, assim como cerca de 150 elementos policiais.

Doze pessoas foram detidas esta segunda-feira numa operação da PSP que está ainda a decorrer em Lisboa, Porto, Aveiro e Portalegre e que envolve crimes de burla qualificada e roubos a idosos. Destes, 11 estão indiciados pela prática de vários crimes de furto e burla qualificados, roubo e associação criminosa. Outro elemento foi detido por estar na posse de armas ilegais.

Segundo disse à Lusa fonte da PSP, foi igualmente apreendido ouro, uma arma de fogo, diversas viaturas, dinheiro e roupa furtada ainda com alarme.

A operação "Sanakay", levada a cabo pela divisão de investigação criminal do Comando Metropolitano de Lisboa, e que às 09:00 ainda decorria em diversas regiões, envolve cerca de 150 elementos policiais, contando igualmente com o apoio da GNR nas áreas da sua competência territorial.

No total, a operação visa cumprir 44 mandados de busca e 18 mandados de detenção por crimes de burlas qualificadas, roubos, furtos e recetação de material de proveniência ilícita.

Na nota divulgada ao início da manhã, a PSP explicava que os suspeitos atuam sobretudo junto da população mais idosa, aproveitando-se das suas vulnerabilidades para conquistarem a sua confiança, fazendo-se passar por funcionários da Segurança Social e de centros de saúde para conseguir aceder às residências, de onde levaram sobretudo ouro e dinheiro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG