O Parque dos Glaciares pode ter de mudar de nome. Está a perder os glaciares

Segundo os cientistas, a região do estado do Montana está a aquecer a um ritmo muito superior à média do planeta

O Parque dos Glaciares, um dos parques nacionais dos Estados Unidos, no estado do Montana, está a perder os glaciares. "É inevitável que desapareçam todos nas próximas décadas", certamente "antes do final do século", alerta o cientista Dan Fagre, do serviço geológico norte-americano (USGS).

A subida das temperaturas fez com que os 39 glaciares com nome próprio do parque (dois fora da área do parque) diminuíssem de extensão de forma significativa desde 1966, alguns perdendo até 85%. Os dados avançados pelo USGS e pela Universidade de Portland, usando fotografias e imagens de satélite, mostram que agora restam apenas 25 glaciares com mais de 10 hectares.

Segundo os cientistas, a região do estado do Montana está a aquecer a um ritmo muito superior à média do planeta e mudanças no padrão da precipitação estão a causar o desaparecimento das enormes massas de gelo, nomeadamente o facto de chover mais e nevar menos.

Os glaciares do parque nacional existem há pelo menos sete mil anos, mas Fagre não tem qualquer esperança que sobrevivam por muitos mais anos e culpa a atividade humana por isso. Em declarações à CNN, o cientista salienta que estas alterações não fazem "parte do ciclo natural".

A perda dos glaciares vai ter consequências no ecossistema do parque, nomeadamente para as espécies aquáticas.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG