Mundo pinta-se de verde em reação à saída dos EUA do Acordo de Paris

Câmara de Paris e vários edifícios de cidades norte-americanas projetaram luz verde numa reação simbólica à decisão de Trump

Vários edifícios por todo o mundo pintaram-se de verde na noite de quinta-feira, depois de o presidente dos EUA anunciar que iria retirar o país do Acordo de Paris, forjado em 2015 por quase 200 países e que visa diminuir as emissões poluentes a nível global.

Desde a Câmara Municipal de Paris até à estátua do Anjo da Independência, na Cidade do México, foram muitas as cidades que não quiseram deixar de chamar a atenção para a importância da luta contra as alterações climáticas, mandando assim um recado simbólico a Trump, que defende que as metas impostas pelo acordo não são justas para os EUA.

Nos EUA, o verde foi projetado no edifício do One World Trade Center, em Nova Iorque; o governador democrata Andrew Cuomo partilhou a imagem no Twitter, com uma mensagem para o presidente: "Nova Iorque brilha em verde pelo nosso planeta, a nossa saúde e o futuro das nossas crianças".

E a cidade de Boston, por exemplo, projetou luz verde para o edifício da câmara municipal.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG