Pagou milhares de euros para que matassem o marido. Foi detida

Um homem de 25 anos, que alegadamente executou o crime, também foi detido

A Polícia Judiciária (PJ) informou, esta terça-feira, em comunicado, que "identificou e deteve um homem e uma mulher pela presumível autoria de um crime de homicídio de um homem de 39 anos".

A mulher da vítima, de 40 anos, terá contratado um homem de 25 anos para matar o marido. O jovem "aguardou a saída da vítima para o trabalho e efetuou um disparo com arma de fogo, provocando-lhe a morte". O casal estava a divorciar-se.

De acordo com o Jornal de Notícias, a mulher terá pago ao homem de 25 anos "alguns milhares de euros".

José Carlos Outeiro foi encontrado morto, em janeiro deste ano, à porta do prédio onde residia, em Chaves, depois de ser alvejado com um tiro de caçadeira na nuca.

Era funcionário de uma empresa de transformação de vidro, em Chaves. Também trabalhava como segurança e porteiro em casas de alterne em Verín, Espanha, localidade próxima da fronteira, acrescenta o JN.

Ainda segundo a PJ, que "teve a colaboração da Polícia de Segurança Pública de Chaves", os dois detidos, ele, trabalhador da construção civil, e ela, auxiliar de limpeza, "vão ser presentes a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG