Mulher resgatada de cruzeiro a cerca de 3 mil quilómetros dos Açores

O navio tinha bandeira das ilhas Marshall e estava a navegar a oeste da ilha de São Miguel. Foram utilizados um helicóptero EH-101 e uma aeronave C-295 da Força Aérea Portuguesa e uma ambulância da Proteção Civil da Madeira.

Uma mulher de 83 anos, de nacionalidade norte-americana, foi resgatada este sábado, por motivos de saúde, de um navio de cruzeiro, que se encontrava a 2 761 quilómetros da ilha de São Miguel, nos Açores, revelou a Marinha Portuguesa.

"A passageira apresentava sintomas de uremia, a necessitar de cuidados médicos imediatos", adiantou a Marinha, em comunicado de imprensa.

O resgate, coordenado pelo Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada), em articulação com o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento das Lajes (RCC Lajes), foi efetuado pela Força Aérea Portuguesa, que "transportou a paciente para o Aeroporto Cristiano Ronaldo, na ilha da Madeira".

A mulher aterrou na Madeira, pelas 12.25 locais, sendo posteriormente "transferida para uma unidade hospitalar".

O navio de cruzeiro Riviera, com bandeira das ilhas Marshall, encontrava-se "a navegar a cerca de 1.491 milhas náuticas (2.761 quilómetros) a oeste da ilha de São Miguel".

Segundo o comunicado, estiveram envolvidos nesta operação, os centros de busca e salvamento marítimo de Ponta Delgada, Lisboa e Funchal, o centro de busca e salvamento das Lajes, o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros da Madeira e o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG