Menos jovens nos centros educativos entre 2010 e 2015

São menos e mais velhos os jovens acolhidos pelos centros educativos nos últimos seis anos. Número diminuiu 33,2%

O número total de jovens internados nos centros educativos diminuiu 33,2 por cento entre 2010 e 2015, passando dos 226 para os 151, revelou hoje a Direção-Geral da Política de Justiça (DGPJ).

As estatísticas daquele organismo tutelado pelo Ministério da Justiça indicam que a diminuição de 33,2% em seis anos é "devida a uma redução de 35% no número de jovens internados do sexo masculino e a uma redução de 17,4% no número de jovens internados do sexo feminino".

A DGPJ adianta que, entre 2010 e 2015, verificou-se "uma tendência de decréscimo do peso dos escalões etários correspondentes a idades iguais ou inferiores a 17 anos", que sofreu uma redução de 11 pontos percentuais em seis anos.

O documento, hoje divulgado na página da internet daquele organismo, indica ainda que se registou um aumento de cerca de 11 pontos percentuais no escalão etário dos 18 e mais anos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG