Internamentos e incidência sobem em dia com 10 554 casos

Os dados sobre a situação nos hospitais indicam que há agora 1167 internados (mais 86 que ontem), dos quais ​​​​​​​147 estão em unidades de cuidados intensivos - menos uma pessoa internada do que ontem. Portugal atingiu hoje os 19 mil mortos desde o início da pandemia.

Foram confirmados, em 24 horas, 10554 novos casos de covid-19 em Portugal, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Há a registar mais 10 mortes associadas à doença, refere o relatório desta segunda-feira (3 de janeiro).

Os dados sobre a situação nos hospitais indicam que há agora 1167 internados, dos quais 147 estão em unidades de cuidados intensivos.

A nível de incidência, existem agora, a nível nacional, 1805,2 casos de infeção por SARS-CoV-2/ COVID-19 por 100 000 habitantes (eram 1182,7 na sexta-feira, data da última contagem dos valores da incidência). No continente o número é hoje de 1817,3 casos de infeção por 100 000 habitantes, era de 1188,4 na última sexta-feira.

O R(t) está em 1,43 tanto a nível nacional como no continente. Na passada sexta-feira era de 1,35 a nível nacional e 1,36 no continente.

Ao dia de hoje, Portugal contabiliza 207 859 casos ativos de covid-19, informa também a DGS no dia em que o secretário de Estado Adjunto e da Saúde revelou que quase 90% dos internados em cuidados intensivos não receberam a vacina.

António Lacerda Sales indicou também que cerca de 60% dos internados nas enfermarias dos hospitais nacionais também não foram vacinados.

Também esta segunda-feira reabriram os 11 postos móveis de testagem à covid-19 da Câmara Municipal de Lisboa, após dois dias encerrados.

Entre segunda-feira e sábado, o posto localizado no Cais do Sodré é o único a funcionar desde as 09:00 até às 22:00, enquanto os postos de Martim Moniz, Restauradores, Belém (Praça Afonso de Albuquerque), Campo Pequeno e Parque das Nações (Gare do Oriente) vão estar a funcionar entre as 09:00 e as 18:00.

Em exclusivo no horário noturno, das 18:00 às 22:00, estarão abertos os postos do Largo de Santos, da Praça de Luís de Camões e do Príncipe Real, mantendo esse horário entre os dias 3 e 8 de janeiro.

De acordo com o 'site' oficial da autarquia, há ainda um reforço de testagem na terça-feira, com o funcionamento de postos de testagem entre as 09:00 e as 13:00 nos mercados da Ajuda, de Benfica, da Ribeira e de Campo de Ourique, além dos locais já referenciados.

68 infetados em navio cruzeiro atracado no Porto de Lisboa

O plano municipal de testagem à covid-19 prevê que os testes - gratuitos - estejam disponíveis para residentes e não residentes, sendo possível a cada pessoa fazer um teste a cada três dias.

Esta segunda-feira também é marcada pela operação de transporte de passageiros do navio cruzeiro atracado no Porto de Lisboa, que apresentam teste negativo à covid-19, para o aeroporto de Lisboa.

"Conforme previsto, por volta das 06:00 começou a decorrer a operação de transporte de passageiro não infetados para o aeroporto. Todos com teste covid negativo efetuado nas últimas 48 horas", disse o capitão do porto de Lisboa e comandante local da Polícia Marítima de Lisboa, Diogo Vieira Branco, à Lusa.

De acordo com o comandante, a operação decorrerá de forma faseada até às 15:00 de hoje para evitar as aglomerações e complicações devido ao excesso de pessoas que estão a ser encaminhadas ao aeroporto num curto espaço de tempo.

O capitão do porto de Lisboa adiantou também à Lusa que o número pessoas infetadas com covid-19 no navio cruzeiro atracado no porto de Lisboa aumentou de 64 para 68.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG