Jovem português morre baleado no peito em Valladolid

Alegada discussão devido a droga subiu de tom e culminou com um disparo no tórax do jovem português, que acabou por morrer já no Hospital Clínico Universitário.

Um jovem português de 25 anos morreu na madrugada desta segunda-feira após ter sido baleado no peito num parque de estacionamento nas imediações da antiga pousada La Tía Pepa, no município de La Cistérniga, na cidade espanhola de Valladolid.

Segundo o Diario de Valladolid, o jovem português ter-se à envolvido numa rixa com um cidadão espanhol, alegadamente devido a droga, no interior do espaço, que está fechado há vários anos mas que é palco de festas ilegais. No entanto, foi já no exterior que a briga subiu de tom, culminando na morte do cidadão luso.

Após ter sofrido um tiro no tórax, o jovem ainda chegou a ser assistido no local e a ser transportado para o Hospital Clínico Universitário em estado crítico, mas acabou por falecer ao início da manhã.

A Guardia Civil está a investigar o caso, mas, de acordo com a imprensa espanhola, ainda ninguém foi detido.

O "La Tía Pepa", localizado junto à estrada Nacional 112, entre a saída La Cistérniga e o parque industrial La Mora, é um antigo estabelecimento que funcionou como pousada até há alguns anos atrás, mas que agora foi convertido num local para festas privadas, que se realizam em maior número aos fins-de-semana e sempre com maior frequência no verão.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG