Jovem asmático morre após ser medicado no centro de saúde

João Fernandes, 16 anos, entrou em paragem cardiorrespiratória

João Fernandes, 16 anos, morreu a 7 de maio, depois de ter sido medicado no centro de saúde de Arouca por causa de uma dor de cabeça. De acordo com notícia hoje avançada pelo Correio da manhã, a autópsia entregue aos pais esta semana associa o óbito ao remédio que lhe foi dado.

Segundo a mãe do rapaz contou ao jornal, este foi ao centro de saúde de Arouca devido a uma dor de cabeça, tendo a médica de serviço administrado ácido acetilsalicílico, um medicamento que está contraindicado a doentes asmáticos. De acordo com a mesma fonte, o historial clínico de João Fernandes era conhecido no centro de saúde - onde este ia com frequência fazer nebulizações -, além de constar da ficha de utente.

Depois de ser medicado, o jovem entrou em paragem cardiorrespiratória e foi transferido para o Hospital de São João, no Porto, em coma induzido, tendo vindo a morrer.

A família exige justiça. O Agrupamento de Centros de Saúde do Entre Douro e Vouga I - Feira/Arouca ordenou a instauração de um inquérito, diz o mesmo jornal.

Exclusivos