Jogadores de Pokemon Go já encontraram três pessoas mortas

O caso mais recente aconteceu esta quinta-feira, em San Diego, nos Estados Unidos.

Três mulheres que jogavam Pokemon Go e andavam à procura de personagens fictícias acabaram por encontrar um morto verdadeiro. Tudo aconteceu por volta das três da tarde de quinta-feira, num parque de San Diego, nos EUA, quando as mulheres seguiam as pistas do jogo no Marian Bear Memorial Park e encontraram um corpo entre os arbustos.

De acordo com a polícia local, citada ontem pelo Los Angeles Times, o corpo já estaria ali há algum tempo. "Aquilo não faz parte do jogo", garantiu o agente Travis Easter, porta-voz da polícia de San Diego. A polícia acredita que o homem seria um sem-abrigo e teve uma morte natural, não se tratando de nenhuma partida de mau gosto com os jogadores de Pokemon Pro, no entanto a morte está já ser investigada.

Lançado na semana passada nos EUA, o jogo terá ao todo já sido responsável pela descoberta de três corpos - em Wyoming, na semana passada, uma jovem de 19 anos encontrou um corpo a flutuar no rio enquanto jogava e, e em Nashua (New Hampshire), esta quinta-feira, um outro jogador também avistou um corpo no lago. Ambas as mortes estão a ser investigadas.

O Pokémon Go está disponível desde sexta-feira em Portugal na App Store e Google Play. Os jogadores devem usar os mapas para se deslocarem nas ruas e procurarem as personagens. O jogo permite apanhar Pokémon selvagens em diferentes localizações ao lançar uma poké ball virtual. Depois, esse Pokémon também poderá evoluir e tornar-se mais forte, isto caso sejam capturados vários Pokémon da mesma especial.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG