Intoxicação alimentar em escola e lar da Santa Casa da Misericórdia da Amadora

Os Bombeiros Voluntários de Amadora e o INEM prestam socorro a instituições da Santa Casa da Misericórdia em Alfragide devido a uma intoxicação alimentar

O primeiro alerta surgiu da Escola Básica Luís Madureira, em Alfragide, suspeitando-se que tenha sido o almoço, pescada à brás, a causar uma intoxicação alimentar, não só aos alunos como aos utentes de outras instituições que fazem parte do Complexo Social das Torres da Santa Casa da Misericórdia da Amadora.

O complexo situa-se em Alfragide, junto a bairros de habitação social (Bairro do Zambujal e Bairro do Alto do Moinho) e é composto por uma escola e um lar de terceira idade. É a mesma empresa de catering que serve as refeições a utentes e funcionários das instituições ali centralizadas e, segundo disse uma funcionária da escola básica, o problema afeta todos os edifícios.

O DN não conseguiu apurar o número das pessoas que estão a ser assistidas nos hospitais com vómitos, náuseas e tonturas, já que os equipamentos de socorro ainda se encontram nos locais onde houve problemas, justificaram os Bombeiros Voluntários da Amadora e o Comando Distrital De Operações de Socorro (CDOS) de Lisboa.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG