Homens filmados a agredir "brutalmente" três pessoas em Coimbra

Agressões aconteceram ao início da manhã na rua Luciano Castilho. Atacantes encontram-se em parte incerta

Um homem de 57 anos e dois jovens de 24 anos foram hoje "brutalmente agredidos" na cidade de Coimbra, encontrando-se um deles com prognóstico muito reservado, disse à agência Lusa fonte da PSP. As agressões foram filmadas (advertimos que as imagens podem chocar os leitores) aparentemente pelos residentes na área, que se terão apercebido das agressões.

A mesma fonte da PSP adiantou que as agressões aconteceram antes das 08:10, hora do alerta para a PSP via 112, no exterior da rua Luciano Castilho, na zona da Solum.

O homem de 57 anos estava a ser agredido por dois indivíduos quando dois jovens de 24 anos foram em seu socorro, acabando também por ser agredidos.

Segundo a PSP, os três estão hospitalizados no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, mas um dos jovens encontra-se com prognóstico "muito reservado".

Os agressores foram, entretanto, identificados pela PSP, mas encontram-se em parte incerta. A Polícia Judiciária já tem conhecimento do ocorrido.

Ler mais

Exclusivos

Premium

JAIME NOGUEIRA PINTO

O arauto da revolta popular

Rejeição. Não é, por enquanto, senão isso. Não pelos reaccionários, pelos latifundiários, pelos generais golpistas, pelos fascistas declarados ou encapotados, mas pelo povo brasileiro, que vota agora contra a esquerda dita idealista - e notoriamente irrealista quanto à natureza humana (sobretudo à própria) - que montou um "mecanismo" de enriquecimento ilícito e de perpetuação no poder digno dos piores hábitos do coronelismo e do caciquismo que os seus antepassados ideológicos, de Josué de Castro a Celso Furtado, tanto criticaram. Um povo zangado, enganado, roubado, manipulado pelos fariseus da tolerância, dos direitos humanos e das flores de retórica do melhor dos mundos, pelos donos de tudo - do pensamento único aos recursos do Estado.