Duas estradas cortadas devido a incêndio que lavra em Tomar

Fogo está a ser combatido por 200 operacionais, 53 viaturas e nove meios aéreos. Um ferido foi levado ao hospital

O incêndio que começou hoje às 12:02, em Portela, no concelho de Tomar, obrigava às 15:20 à utilização de nove meios aéreos, além de 200 bombeiros e 53 viaturas, de acordo com a Proteção Civil.

A página da Autoridade Nacional de Proteção Civil, à mesma hora, dava ainda o incêndio como "em curso".

Por volta das 15:00, a presidente da Câmara de Tomar, Anabela Freitas, tinha anunciado o corte das estradas que ligam a Linhaceira à Asseiceira e Santa Cita à Linhaceira.

A autarca afirmou, também naquela altura, que não havia habitações em risco, tendo sido posicionados meios junto de pavilhões agrícolas.

De acordo com Cristina Gonçalves, diretora clínica do Centro Hospitalar Médio Tejo, em declarações à SIC Notícias, deu entrada no hospital um ferido que resultou do incêndio em questão.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG