Incêndio em Odemira desaloja oito trabalhadores agrícolas nepaleses

Os moradores deverão agora ser realojados num outro local, pelo serviço municipal de proteção civil ou pelas respetivas entidades patronais.

Oito trabalhadores agrícolas de nacionalidade nepalesa ficaram esta quarta-feira desalojados devido a um incêndio ocorrido na casa onde residiam, em Cavaleiro, no concelho de Odemira (Beja), cujo rescaldo já terminou, revelaram à agência Lusa os bombeiros.

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja explicou que o alerta para o fogo, que começou na cobertura da habitação, na freguesia de São Teotónio, foi dado aos bombeiros às 06:54.

Contactado pela Lusa, o comandante dos Bombeiros de Odemira, Luís Oliveira, indicou que a fase de rescaldo do incêndio, iniciada às 08:04, foi terminada por volta das 09:00.

O grupo de trabalhadores "estava no sótão", tendo o fogo começado "na cobertura do edifício", que foi afetada, disse o CDOS, explicando que, apesar de não haver feridos, os residentes, "oito trabalhadores agrícolas nepaleses, ficaram desalojados".

"Só a cobertura é que foi afetada, mas toda a estrutura está inabitável, devido ao fumo e à água", acrescentou Luís Oliveira.

Os moradores deverão agora ser realojados num outro local, "pelo serviço municipal de proteção civil ou pelas respetivas entidades patronais", destacou o comandante dos bombeiros.

Para o local do sinistro foram mobilizados 10 operacionais, apoiados por cinco viaturas, dos bombeiros, GNR e serviço municipal de proteção civil.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG