Argoncilhe: Incêndio em fábrica de cortiça em fase de rescaldo

Chamas na zona industrial de Argoncilhe já estão dominadas

Um incêndio deflagrou hoje numa fábrica de cortiça de Argoncilhe, concelho de Santa Maria da Feira, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Aveiro. As chamas foram dominadas cerca de três horas depois, mas cerca de 60% da cortiça ficou destruída.

Segundo fonte da Proteção Civil disse à Lusa, o alerta foi dado às 13:32 e havia a preocupação de que o fogo pudesse alastrar a edifícios contíguos ao armazém de cortiça. No entanto, o Correio da Manhã avançou que arderam outros dois armazéns, nomeadamente de um madeireiro e de uma empresa de transportes.

Segundo disse à agência Lusa o comandante José Carlos Pinto, dos Bombeiros de Lourosa, o armazém de cortiça, onde o fogo se iniciou, pertence à corticeira Moderna, tendo as chamas atingido parcialmente um outro edifício contíguo, da empresa "Glamour".

No local estiveram cerca de 95 bombeiros e 33 viaturas.

Os trabalhos vão continuar durante mais umas horas para trabalho de remoção de material ardido e outro de fácil combustão.

(Atualizada às 16:50 com facto de o incêndio ter sido dado como dominado)

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG