Homem desaparecido desde domingo em Abrantes encontrado sem vida no Tejo

Meios técnicos e 33 militares da GNR, com o apoio da Proteção Civil e dos bombeiros de Abrantes estiveram nas operações de busca.

Um homem de 79 anos que estava desaparecido desde domingo na aldeia ribeirinha do Pego, em Abrantes, distrito de Santarém, foi encontrado morto na manhã desta terça-feira nas águas do rio Tejo, confirmou à Lusa o comandante da GNR.

O homem foi encontrado sem vida, por volta das 11:05~horas, dentro de água, no rio Tejo, pelos mergulhadores da Guarda Nacional Republicana (GNR), disse à Lusa o comandante da GNR de Abrantes, Luís Marques, referindo que as autoridades concentraram hoje os meios naquele local depois de indícios encontrados no dia anterior.

"Nestes dias, começámos os nossos trabalhos [de buscas], logo no domingo, na localidade do Pego, junto à sua habitação. Fomos alargando o perímetro e no final do dia de ontem [segunda-feira] os trabalhos direcionaram-nos para as margens do rio Tejo, local onde concentrámos os nossos meios no dia de hoje e onde o cidadão foi encontrado, sem vida", relatou.

Com este desfecho, "a operação vai ser finalizada em breve", disse o comandante da GNR, tendo acrescentado que as autoridades estão a investigar as circunstâncias do sucedido.

Meios técnicos e 33 militares da GNR, com o apoio da Proteção Civil e dos bombeiros de Abrantes, estiveram envolvidos nas operações de busca com drones, embarcações náuticas, equipas de mergulhadores e equipas cinotécnicas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG