Holandês queria ir para a Austrália mas enganou-se e voou para o Canadá

Estudante de 18 anos só descobriu no continente errado que alguns descontos são demasiado bons para serem reais

Milan Schipper julgava que tinha feito o negócio da vida dele, ao comprar uma viagem baratíssima para Sydney, na Austrália. Segundo a BBC, que cita a imprensa local, o estudante holandês só descobriu que há descontos que são demasiado bons para serem verdade quando aterrou em Sydney, sim, mas na Nova Escócia, Canadá.

Ia preparado para o calor e não queria acreditar quando foi recebido por baixíssimas temperaturas na América do Norte. Foram os funcionários da companhia aérea que o ajudaram a comprar um bilhete de regresso a Toronto, onde consegui embarcar de volta para Amesterdão.

Schipper, de apenas 18 anos, diz ter desconfiado que algo estava errado quando fez escala em Toronto e percebeu que devia embarcar num pequeno avião da Air Canada para chegar a Sydney. "O avião era tão pequeno, então pensei, será que chegamos à Austrália?", admitiu. Mas o estudante não foi o único a cometer este erro: em 2002, recorda a BBC, um casal britânico também aterrou na Sidney canadiana, mas ambos estavam convencidos que iam a caminho da Austrália.

O pai de Schipper, por sua vez, garantiu que deu umas boas gargalhadas quando soube que tinha de ir buscar o filho ao aeroporto de Amesterdão e que este nem sequer tinha passado perto da baía de Sydney, na Oceânia.

Exclusivos