"Herói da ficção ? Batman, apesar de ser um privilegiado, procura proteger os mais frágeis"

O famoso Questionário de Proust respondido pelo CEO da farmacêutica Portuguesa BIOJAM, Carlos Monteiro.

A sua virtude preferida?

Lealdade.

A qualidade que mais aprecia num homem?

Generosidade e inteligência.

A qualidade que mais aprecia numa mulher?

Generosidade e Inteligência.

O que aprecia mais nos seus amigos?

Serem sempre a família que nós escolhemos, um porto seguro quando deles precisamos.

O seu principal defeito?

Teimoso.

A sua ocupação preferida?

Quando não trabalho, cozinhar para a família e amigos.

Qual é a sua ideia de "felicidade perfeita"?

Todos os que gostamos com saúde, o resto controla-se.

Um desgosto?

Morte do meu pai

O que é que gostaria de ser?

O que já consegui ser, pai.

Em que país gostaria de viver?

Portugal é o sítio perfeito para mim.

A cor preferida?

Azul.

A flor de que gosta?

Margarida Silvestre.

O pássaro que prefere?

Não tenho preferência.

O autor preferido em prosa?

Miguel Torga.

Poetas preferidos?

Fernando Pessoa, Florbela Espanca, Sofia Mello Breyner.

O seu herói da ficção?

Batman, apesar de ser um privilegiado socialmente, procura proteger os mais frágeis da arrogância e prepotência dos mais fortes.

Heroínas favoritas na ficção?

Kay Graham The Post Meryl Streep que arrisca a sua carreira e liberdade pessoal ao divulgar documentos secretos que atravessam vários presidentes dos EUA.

Os heróis da vida real?

Sir Winston Churchill pela sua inteligência, sagacidade estratégica e um humor incomparável e Aristides Sousa Mendes que abdica da sua vida privilegiada em detrimento dos outros.

As heroínas históricas?

D. Antónia Adelaide Ferreira; mais conhecida pela Ferreirinha, pelo seu empreendedorismo e a procura da inovação na produção do vinho no Douro e enquanto mulher de negócios numa altura em que os homens dominavam tudo.

Os pintores preferidos?

Almada Negreiros, José Guimarães e jovens pintores ainda desconhecidos, como Sónia Travassos.

Compositores preferidos?

Todos os compositores de música clássica.

Os seus nomes preferidos?

Os mais simples como Maria ou António.

O que detesta acima de tudo?

Tudo o que não é verdadeiro e genuíno.

A personagem histórica que mais despreza?

Todos os que usaram e usam o poder para fragilizar e espezinhar os outros. Hitler, Mussolini, Estaline, Kim Jong-un.

O feito militar que mais admira?

A luta longa e desigual que Timor-Leste exerceu sobre os seus invasores.

O dom da natureza que gostaria de ter?

Aptidão para pintar.

Como gostaria de morrer?

Não gostaria, mas a ter que ser, sem sofrimento.

Estado de espírito atual?

A convicção que o mundo será mais humanizado e atento ao planeta.

Os erros que lhe inspiram maior indulgência?

Todos, já diz o "povo" e eu subscrevo, errar é humano.

A sua divisa?

Nunca envergonhar os que de mim se orgulham.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG