"Gosto de personagens mitológicas como Hera. É descrita como rancorosa"

O famoso Questionário de Proust respondido pela administradora da Brisa Marta Sousa Uva.

A sua virtude preferida?

Saber o que não se quer.

A qualidade que mais aprecia num homem?

Caráter.

A qualidade que mais aprecia numa mulher?

Resiliência.

O que aprecia mais nos seus amigos?

Serem sempre amigos mesmo estando muito tempo afastados.

O seu principal defeito?

(In)tolerância.

A sua ocupação preferida?

Não ter nada para fazer e poder fazer o que quiser.

Qual é a sua ideia de felicidade perfeita?

Mar, sol e calor fazem esquecer tudo o resto.

Um desgosto?

Cada vez que morre um dos meus animais.

O que é que gostaria de ser?

Este tipo de questões não me consomem.

Em que país gostaria de viver?

Apesar dos pesares, gosto de viver em Portugal

A cor preferida?

Preto.

A flor de que gosta?

Hortênsia.

O pássaro que prefere?

Colibri.

O autor preferido em prosa?

Não quero ter um preferido, mas um que definitivamente me marcou, possivelmente por ter lido alguns títulos mais cedo do que devia, é Leon Uris.

Poetas preferidos?

Não adoro poesia (sim, talvez devesse alterar a resposta ao "principal defeito").

O seu herói de ficção?

Um personagem marcante: Dom Quixote, que foi o tema de um dos meus exames de admissão à Faculdade.

Heroínas favoritas na ficção?

Gosto mais de personagens mitológicas como Hera. É descrita como rancorosa.

Os heróis da vida real?

Todos os que pensam primeiro nos outros.

As heroínas históricas?

Cixi "A imperatriz de ferro".

Os pintores preferidos?

Botticelli, Paulo Ossião.

Compositores preferidos?

Muitos e de vários géneros. Vivaldi, Wagner, Carl Orff, Andrew Lloyd Webber.

Os seus nomes preferidos?

Domingos, Vasco, Pilar.

O que detesta acima de tudo?

Hipocrisia.

A personagem histórica que mais despreza?

Desprezo a maldade em geral, por isso a lista é extensa.

O feito militar que mais admira?

Se admirasse feitos militares, toda a vida de Alexandre o Grande.

O dom da natureza que gostaria de ter?

Renascer na Primavera.

Como gostaria de morrer?

Sem drama.

Estado de espírito atual?

O de sempre: amanhã ainda vai ser melhor do que hoje.

Os erros que lhe inspiram maior indulgência?

Os genuínos.

A sua divisa?

"Caráter é fazer a coisa certa mesmo quando ninguém está a ver."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG