Físico José Pedroso de Lima morreu em Coimbra aos 82 anos

Foi professor catedrático em Coimbra, jubilado em setembro de 2004

O físico João José Pedroso de Lima morreu este sábado em Coimbra aos 82 anos e o seu corpo está em câmara ardente desde as 15:00 no Mosteiro de Celas, naquela cidade.

João José Pedroso de Lima, licenciado em Ciências Físico-Químicas pela Universidade de Coimbra e doutorado em Física pela Universidade de Manchester (Inglaterra) é doutor Honoris Causa pela Universidade de Aveiro e pela Universidade do Algarve.

Foi professor catedrático em Coimbra e jubilado em setembro de 2004.

João José Pedroso de Lima, que nasceu a 11 de setembro de 1934, foi autor de variados livros e de inúmeras publicações em revistas nacionais e internacionais.

O biofísico recebeu 22 prémios científicos e foi presidente do Conselho Diretivo do departamento de Física da Faculdade de Ciências e Tecnologias (FCT) da Universidade de Coimbra (UC) e diretor do serviço de Biofísica/Biomatemática da Faculdade de Medicina da mesma universidade.

Além disso, Pedroso de Lima esteve na génese da criação do Instituto de Ciências Nucleares Aplicadas à Saúde da UC e foi presidente do Conselho Diretivo do IBILI -- Instituto Biomédico de Investigação de Luz e Imagem, além de membro do Conselho de Administração do AIBILI -- Associação para a Investigação Biomédica e Inovação em Luz e Imagem.

No domingo, às 09:30, terão início as exéquias fúnebres, na Capela da Universidade de Coimbra, seguindo depois o corpo para o complexo funerário municipal de Coimbra, de acordo com nota da Servilusa, empresa prestadora de serviços funerários.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG