Este ano já houve quatro multas por desrespeito da bandeira na praia

Autoridades prometem mão dura. A coima é superior a 55 euros

Só este ano, já houve quatro multas por desrespeito da bandeira nas praias portuguesas, revelou o Instituto de Socorros a Náufragos, ao Jornal de Noticias. A legislação prevê o pagamento de uma coima nunca inferior a 55 euros.

De acordo com o porta-voz do Instituto de Socorros a Náufragos, Coelho Dias, este ano foram quatro as multas aplicadas por desrespeito da bandeira vermelha, embora não tenha sido levantado auto de notícia de nenhuma das situações. Na época balnear do ano passado, no total, foram multadas sete banhistas e este ano as autoridades prometem não fechar os olhos tantas vezes, muito menos quando se trata de pessoas que ignoram os avisos dos nadadores-salvadores.

Desde 2006 que infringir as regras no que respeita às bandeiras dá direito a multa.

De acordo com os dados da Autoridade Marítima Nacional, de 01 de maio a 30 de setembro do ano passado morreram 17 pessoas em acidentes relacionados com a época balnear, um aumento dos casos mortais relativamente ao ano anterior.

Desde 1 de maio deste ano já morreram mais de 40 pessoas vítimas de afogamento, mais de metade delas na praia -as outras ocorreram em rios, poços, tanques de rega, piscinas, valas e marinas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG