Encontrada uma das maiores pegadas de dinossauro de que há registo

A pegada pertence a um dinossauro de pescoço comprido que pode medir mais de 30 metros de comprimento e 20 metros de altura

Uma das maiores pegadas de dinossauros alguma vez registada foi descoberta no deserto de Gobi por uma equipa de investigadores da Mongólia e japoneses, anunciou hoje uma universidade de Tóquio.

A longa pegada de mais de 1,77 metros de largura foi descoberta no mês passado numa zona geológica formada há entre 70 e 90 milhões de anos no deserto de Gobi, situado na região norte da China e sul da Mongólia.

A pegada pertence a um dinossauro de pescoço comprido que pode medir mais de 30 metros de comprimento e 20 metros de altura, de acordo com os investigadores.

"Este é um achado muito raro. Os vestígios fossilizados estão bem preservados e medem mais de um metro de comprimento", disse, em comunicado, um investigador da Universidade de Ciências de Okayama.

A investigação foi levada a cabo pela universidade japonesa e a Academia de Ciências da Mongólia.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG